top of page

ARMÁRIO X MATERNIDADE

Nosso estilo sempre passa por um upgrade quando acontece grandes mudanças na nossa vida, seja no casamento, transição de carreira e principalmente maternidade.


E ouso falar que a maternidade é uma das mudanças mais difíceis e significativas no nosso armário, porque além de uma mudança interna e externa as nossas roupas se tornam bem limitadas, além do fato que roupa de gestante bonita e cool não é tão acessível assim.


Eu passei por isso duas vezes, sou mãe de duas meninas lindas e depois das minhas duas gestações eu praticamente esvaziei o meu armário.


Eu fui muito sortuda de não ter grandes mudanças no meu corpo, só engordei a barriga mesmo, mas muita de nós ganham um novo corpo após a maternidade, e isso pode ser muito difícil, porque estamos lidando com uma nova rotina, um novo membro em casa, horas sem dormir, sem comer na hora que quer, isso se não tiver que lidar com uma depressão pós parto.


Mas enfim, tudo isso vai passar, calmaaaa.


E não vai ter jeito, você vai passar por uma atualização no teu armário, e vou dar algumas dicas para que essa fase possa se tornar um pouco mais leve pra você.


A primeira coisa é você se visualizar como quer estar vestida agora nessa nova fase e tentar adaptar isso a sua rotina.


Que coisas você ama usar? Como você pode incluir essas peças na sua rotina?


Uma das coisas que pra mim fez diferença foi mudar o cabelo. Cabelo faz muita diferença no look, e quando a Anna nasceu eu fiz o corte que sempre quis fazer, além de me poupar tempo eu me sentia mais arrumada. Outra coisa que me incomodava era bolsa maternidade, as mais bonitas não cabia no meu orçamento, e não tem jeito, ela seria a minha bolsa pelo próximos dois anos da minha vida, então eu mandei fazer uma que fosse mais minha cara e depois atualizei para uma mochila.


Sapato é algo que da acabamento ao look, e ele precisa ser confortável. Pra mim a palavra que define um armário de uma mãe é praticidade e mobilidade. Então logo o bom tênis não saia do meu pé.


Mas você pode pensar na sua rotina e pensar no que mais se adequa para as suas necessidades. Você costuma sair aos finais de semana ? Como são esses lugares? Qual seria o look ideal pra você?


Uma outra coisa a se pensar é amamentação. Sutiã de amamentação pra mim não rolou, não achei prático e pelo menos pra mim foi bem desconfortável, eu usava um modelo triangulo da Trifil, só puxar para cima e tava tudo certo. Blusa de alcinha, blusas mais cavadas e camisas foram a minha salvação.

Mas isso é individual, conforme você for testando vai achando o seu caminho.


Anote no papel coisas que são importantes, pesquise referências de estilo pra você nessa nova fase, pessoas que estão vivendo a maternidade, acostume o seu olhar para o seu novo corpo, crie uma pasta de referências, uma coisa bem legal que indico para as minhas clientes é ter uma pasta de lista de compras no Pinterest, como a gente sempre ta no celular, quando vejo algo que me interessa eu já vou compartilhando na pasta e depois olho se as coisas que estão ali combina entre si e com o meu armário, e qual a prioridade pra comprar depois.


Por ultimo e não menos importante, pense nas roupas de ficar em casa. Sim porque a gente passa muito tempo em casa, então ter roupas agradáveis ao nosso olhar e ao nosso corpo, ajuda a nossa autoestima, pode ter certeza.


Um pijama bonito, um vestido confortável, não sei, mas é aquela roupa que você não se sentiria constrangida ao chegar alguém na sua casa e também não te impediria de ir até a padaria sabe?


Mas a lógica não é se arrumar para o outro, mas sim para você.

É um autocuidado, é se valorizar e tornar uma das fases mais importantes da sua vida mais leve e prazerosa.


Bom eu acho que é isso.


Um Beijo da Fê

Meu Armário EDA



Comments


bottom of page